Notícias

Sociedade capacitada e engajada na valorização da água é tema de debate no segundo dia da BWW

Especialistas do Brasil, França, Portugal e Colômbia discutiram o papel dos diferentes atores e do trabalho em rede no reconhecimento da importância da água e na gestão de serviços de saneamento.

Por equipe de comunucação ABES/BWW

A oportunidade de realizar pesquisa prática sobre água por estudantes de países em desenvolvimento foi o assunto da palestra de Farith Diaz, co-fundador da Clean Water Science Network (CWSN), na sessão “Sociedade capacitada e engajada: o papel dos diferentes atores na valorização da água e na gestão de serviços de saneamento”, realizada nesta terça-feira, 24 de maio, segundo dia da Brazil Water Week. Discussão integra o tema “Expansão da Cooperação Internacional e Capacitação”.

Promovida pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, a Semana da Água do Brasil, que está em seu terceira edição, é o mais importante evento internacional sobre água e saneamento do país e acontece online, em plataforma digital exclusiva e interativa, até esta sexta (27), reunindo 110 especialistas nacionais e de outros 19 países. Todo o conteúdo online da programação (mais de 40 horas) ficará disponível por 90 dias para os inscritos. Para fazer sua inscrição, acesse aqui.

“Acreditamos que precisamos promover a mudança e, para isso, precisamos ter a capacitação local. Espero que muitos estudantes do Brasil possam participar do projeto”, convidou Farith. Hoje são mais de 100 mentores de 45 universidades ou empresas que trabalham no programa que oferece bolsas de pesquisa para estudantes de países em desenvolvimento.

Participaram também do debate: Alexandra Serra, presidente do do Conselho de Administração da Águas do Tejo Atlântico; Lylian Ferreira, diretora de Desenvolvimento de Char Water for All – Womenvai e Renata Rozendo Maranhão, coordenadora de Capacitação da ANA. A coordenação do encontro foi de Ana Silvia Pereira Santos, professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e o facilitador foi Sergio Ayrimoraes, coordenador da Superintendência de Planejamento  da ANA.

Lylian Ferreira, diretora de Desenvolvimento de Char Water for All – Womenvai, da França, abordou a experiência da organização, que desde 2009, formou mais de 240 gestores em água e saneamento. “Neste ano vamos oferecer um MBA na área de saneamento, que começa com e-learning. É um percurso de 13 meses, mas trabalhamos também com treinamento curtos, pesquisa e assistência pedagógica. Temos ainda uma ampla plataforma para transferência de conhecimento, pesquisa e estudo de caso”, explicou.

Alexandra Serra, presidente do do Conselho de Administração da Águas do Tejo Atlântico, compartilhou a experiência da empresa que atende 23 municípios, um quarto da população portuguesa, e abrange a região da Grande Lisboa. “É preciso evoluir e construir essa mentalidade de economia circular no saneamento”. Em sua apresentação destacou biogás, bionergia, biolama, educação ambiental e reuso da água. Citou também a criação de uma cerveja, a Vira, para alertar sobre a importância do reuso da água.

Renata Rozendo Maranhão, coordenadora de Capacitação da ANA, afirmou que para manter a sociedade engajada, é importante ampliar os conceitos para além do “like”, das redes sociais. Para ela, é necessário orientação estratégica, para que as pessoas se sintam parte de um processo maior;  identidade em torno de valores; educação e capacitação: “Eventos como esse fazem parte do projeto de educação”. No final, listou diversas atividades previstas pela ANA, inclusive em cooperação internacional com América Latina e Caribe.

No final das apresentações, os especialistas responderam às perguntas enviadas pelo chat e que foram organizadas por Bianca Lacerda.

BWW Connection

O evento conta ainda com a BWW Connection, a programação dos intervalos com vídeo-palestras, comentários e entrevistas, conduzida por Daniela Lobo. Para comentar as abordagens e experiências apresentadas na sessão, como as portuguesa e colombiana, estiveram presentes nos estúdios da BWW, na sede da ABES-SP, na capital, Carlos Berenhauser, diretor da ABES-SP, coordenador da Câmara Técnica de Gestão de Perdas e Eficiência Energética da Seção SP e coordenador adjunto do Tema 4 desta edição – Gestão Eficiente, e Josivan Cardoso, diretor executivo da ABES e coordenador da Câmara Temática de Gestão de Recursos Hídricos da entidade.

O BWW Connection desta terça trouxe ainda uma apresentação em vídeo de Alan Wyatt, um dos maiores especialistas em perdas de água, com o tema: “Frontier Analysis: uma ferramenta poderosa para planejar a redução de perdas de água – o Caso Texas”.

O conteúdo mostrado foi objeto de análise e ainda com as presenças de Josivan e Berenhauser e, remotamente, além do próprio Wyatt, participaram Suellen Galvão Moraes, presidente da ABES-CE, e Nadja Lima Gorza, presidente da ABES-ES. Os convidados comentaram os altos níveis de perdas de água que ocorrem no Brasil e os avanços nessa área e a contribuição das tecnologias. Também falaram sobre como as experiências internacionais e as locais têm contribuído para melhorar esses índices em nosso país. 

A BWW 2022 conta com patrocínio da Sabesp, ANA, Copasa, Embasa, Funasa, Aegea, Sanasa e Sanepar.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Outras notícias

Assessoria de Comunicação da ABES

Ana Paula Rogers
11 9 8493 3662 (Claro e WhatsApp)
11 9 5820 0080 (TIM)
anapaularogers@gmail.com
imprensa@abes-dn.org.br
anarogers@foco21comunicacao.com

Suely Melo
11 9 8839 0380 (WhatsApp)
11 9 5981-9321
suelymelo@foco21comunicacao.com
melo.suelymelo@gmail.com
imprensa@abes-dn.org.br

Estamos preparando o mais importante evento internacional de água e saneamento realizado no Brasil e queremos que você esteja conosco!

Cadastre seu email e receba todas as novidades da BWW 2024!

Patrocínio exclusive
Patrocínio Master
Patrocínio Super
Realização