Notícias

Brazil Water Week: sessão discute a gestão sustentável dos resíduos sólidos urbanos

Último dia da Semana da Água no Brasil começou discutindo “Resíduos Sólidos Urbanos: tecnologias e boas práticas de gestão sustentável”, parte da tema Economia Circular. Todo o conteúdo online do mais imporatante evento internacional sobre água e saneamento do país ficará disponível por noventa dias para todos os inscritos.

Por equipe de comunicação ABES/BWW

O último dia da Brazil Water Week (BWW 2022) começou na manhã desta sexta-feira, 27 de maio, discutindo as tecnologias e boas práticas de gestão sustentável dos resíduos sólidos urbanos. A Semana da Água no Brasil, realizada pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES, teve início nesta segunda-feira, 23, e foi transmitida em plataforma digital exclusiva e interativa.

Em sua terceira edição, a BWW é o mais importante evento internacional sobre o universo da água do país já é considerada o streaming do saneamento. Todo o seu conteúdo online (mais de 40 horas de programação) ficará disponível para os inscritos por 90 dias. Para fazer sua inscrição, acesse aqui.

A primeira sessão desta sexta-feira debateu o tema “Resíduos Sólidos Urbanos: tecnologias e boas práticas de gestão sustentável”, dentro da temática Economia Circular. A coordenadora do painel foi Alice Libânia Santana Dias, membro da Câmara Temática de Resíduos Sólidos da ABES, e o moderador do debate foi Rubens Herbert Aebi, vice-presidente da Associação Brasileira de Recuperação Energético de Resíduos (ABREN).

A sessão contou com participação de Hélinah Cardoso Moreira, diretora de Projeto Cooperação para Proteção do Clima na Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos (ProteGEEr); Luís Marinheiro, global market director da empresa europeia AST (Soluções e Serviços de Ambiente, Lda). e board member das empresas europeias Aquasmart (Water and Wastewater Treatment Solutions, Lda.), Wedotech, Lda. e SLMK – Consultoria, Lda; Clovis Zapata, representante para o Brasil da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO); e Flávio Matos, membro do conselho da ABREN.

A diretora do ProteGEEr falou sobre a promoção de boas práticas de gestão sustentável de resíduos e a economia circular. “A gente só consegue promover boas práticas de gestão de resíduos quando o resíduos está como protagonista – enquanto ele está como invisível, escondido, a gente não tem como, de fato, lidar e promover um avanço no seu manejo. Obviamente, quando a gente coloca ele na frente, nesse processo de urbanização, nessa vida na cidade, ele acaba sendo um vetor de transformação e de promoção de saúde, educação, proteção ambiental, desenvolvimento econômico, inclusão social, turismo local, tecnologias de valorização e inovação”, afirmou Helinah Moreira.

A intervenção de Luís Marinheiro foi “centrada em uma particularidade da gestão de resíduos, que tem a ver com a sustentabilidade e com as medidas hoje implementadas para termos um planeta que tenha uma longevidade e qualidade ambiental melhor do que temos hoje”. Segundo ele, existe um paradigma, no que é chamado de economia linear, de que para o desenvolvimento econômico é preciso o consumo de recursos, mas que são recursos finitos e “caminhamos agora para políticas públicas e privadas que estimulam um movimento cíclico dos materiais”.

Clovis Zapata falou sobre a atuação da Unido no Brasil e o trabalho realizado no tema dos resíduos sólidos urbanos, relacionado à água. “Na nossa percepção em relação ao tema, existe um potencial gigantesco no Brasil, entretanto nós percebemos que existe a necessidade de maior compreensão e avaliação das rotas tecnológicas que são possíveis; de conhecer melhor os potenciais arranjos legais que são necessários para poder fazer esse tipo de acordo funcionar, de forma efetiva; uma necessidade enorme de educação nos diversos níveis, tanto para gestores públicos, quanto para o setor privado, para conhecer as potencialidades da área; e também de haver uma maior convergência política e econômica propícia para o desenvolvimento do manejo dos resíduos sólidos no Brasil”, destacou.

Flávio Matos, membro da ABREN, falou sobre a política nacional dos resíduos sólidos e os avanços na política de gestão dos resíduos nos últimos anos. “É importante ressaltar que os países que mais praticam reciclagem e compostagem são também os países que mais praticam a cooperação energética; são pilares que se complementam, cada fluxo de resíduo deve ter sua destinação adequada para o tratamento desde que tenha sido coletada seletivamente para a reciclagem e compostagem, então são soluções tecnológicas que se complementam em detrimento do aterro. É importante ressaltar que o objetivo máximo é a diminuição de resíduo que vai parar em aterro, maximizando a reciclagem, compostagem e recuperação energética”.

BWW Connection

O convidado do primeiro bloco do BWW Connection foi Maycon Rogério de Abreu, diretor da ABES-SP, que além de destacar os pontos mais interessantes da sessão sobre resíduos sólidos, Maycon falou também sobre gestão sustentável, destacando o papel de cada ente nesta cadeia: o município, o estado, as empresas e a sociedade geral.

 A edição 2022 da Brazil Water Week – patrocinada pela Sabesp, ANA, Copasa, Embasa, Funasa, Aegea, Sanasa e Sanepar – trouxe durante cinco dias discussões relevantes, conhecimentos e experiências sobre água e saneamento, focadas em alcançar o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6. No total, são mais de quarenta horas de conteúdo online, com 110 especialistas do Brasil e de outros 19 países. Quem acompanhou ao vivo, também pôde participar do debate por meio de perguntas e comentários no chat. 

Nas semanas anteriores, também contou com seis sessões especiais gratuitas, disponíveis no canal da ABES do Youtube, junto com a abertura e as sessões do primeiro dia do evento, segunda-feira, 23 (clique aqui para assistir). Nas semanas anteriores, a BWW contou com seis sessões especiais gratuitas no canal da ABES no YouTube (assista aqui). 

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Outras notícias

Assessoria de Comunicação da ABES

Ana Paula Rogers
11 9 8493 3662 (Claro e WhatsApp)
11 9 5820 0080 (TIM)
anapaularogers@gmail.com
imprensa@abes-dn.org.br
anarogers@foco21comunicacao.com

Suely Melo
11 9 8839 0380 (WhatsApp)
11 9 5981-9321
suelymelo@foco21comunicacao.com
melo.suelymelo@gmail.com
imprensa@abes-dn.org.br

Estamos preparando o mais importante evento internacional de água e saneamento realizado no Brasil e queremos que você esteja conosco!

Cadastre seu email e receba todas as novidades da BWW 2024!

Patrocínio exclusive
Patrocínio Master
Patrocínio Super
Realização